Loading

Isabel Morais Ribeiro Fonseca

"ENVELHECER"

Quando eu envelhecer

Na minha pele surgirão as rugas

Os vincos fixos

Mas no meu coração

Jamais ficará indiferente ao amor

A vida, a paixão

Por medo e coragem

Já deixei de fazer tanta coisa

Somos loucos, confusos

Em caso de dor, dê um belo sorriso

Amargo, doce

Se chorar for inevitável

Sinta o gosto do sal

Em cada lágrima há um milagre

Reze, reze uma oração

Nunca deixe de viver, de sentir

Saia fora do seu contexto

Ame e sinta-se amado

Envelhecer é um processo natural

Jamais fique longe do seu coração

Faça uma longa oração

Afinal em cada lágrima há um milagre

Se chorar será sempre inevitável

Sinta o gosto do sal, doce, amargo.


Isabel Morais Ribeiro Fonseca

Foto