Loading

Isabel Morais Ribeiro Fonseca

CORAGEM



A minha alma está partida, dividida 

Despedaçada já sem forças, eu só peço

Que minha coragem vença o meu medo

Que o meu corpo não se quebre de pranto

Que a minha alma não se perca em agonia

Que a minha mente permaneça sempre erguida

Que os meus joelhos se dobrem à esperança

Que o meu coração não seja devorado pelos lobos

Que os meus inimigos me respeitem e não me temam.


Isabel Morais Ribeiro Fonseca